juntos somos mais fortes

  • Recente

    quinta-feira, 26 de agosto de 2010

    Correcções sobre os Palmarés

    Recentemente, tem-se verificado que vários orgãos de comunicação social, talvez com o intuito de diminuir as conquistas do Sport Lisboa e Benfica, têm vindo a omitir vários títulos oficiais conquistados pelo nosso clube.
    O que é certo é que se tem vindo a falar, pelo menos desde a semana em que se disputou a última final da Taça da Liga, brilhantemente conquistada pelo Sport Lisboa e Benfica, de uma aproximação no número de títulos oficiais conquistados pelo Futebol Clube do Porto em relação ao Benfica de tal forma que este estaria mesmo à beira de apanhar o nosso clube no número de títulos conquistados pelas secções de futebol sénior de cada um deles. Apesar destes números terem sido desmentidos na altura, na passada semana, a campanha de desinformação voltou, tendo sido publicada na 1ª página do JN este título:




    Ora, será mesmo verdade o que é publicado nesta 1ª página?


    Quantos títulos oficiais de nível nacional ou internacional tem o Sport Lisboa e Benfica no futebol sénior? Façamos as contas:

    Campeonato Nacional: 29
    Campeonato da I Liga (antecessor do campeonato nacional): 3 (o que dá 32 titulos de campeão nacional)
    Taça de Portugal: 24
    Campeonato de Portugal (antecessor da Taça de Portugal): 3
    Taças da Liga: 2
    Supertaça Cândido de Oliveira: 4
    Taça Ribeiro dos Reis: 3
    Taças dos Campeões Europeus: 2
    Taça Latina: 1
    Taça Ibérica: 1

    Portanto, veicular que o nº de troféus oficiais do futebol sénior do Sport Lisboa e Benfica se situa nos 67 ao invés dos 72 que é o seu número real, não passa de uma mentira para esbater diferenças para com os nossos rivais, é óbvio que não faz sentido comparar títulos europeus com Supertaças Cândido de Oliveira, mas mesmo assim vale a pena repôr a verdade, assim sendo e por anos:

    Campeonato Nacional: 1941–42, 1942–43, 1944–45, 1949–50, 1954–55, 1956–57, 1959–60, 1960–61, 1962–63, 1963–64, 1964–65, 1966–67, 1967–68, 1968–69, 1970–71, 1971–72, 1972–73, 1974–75, 1975–76, 1976–77, 1980–81, 1982–83, 1983–84, 1986–87, 1988–89, 1990–91, 1993–94, 2004–05, 2009-2010
    Campeonato da I Liga: 1935–36, 1936–37, 1937–38 
    Taça de Portugal: 1939–40, 1942–43, 1943–44, 1948–49, 1950–51, 1951–52, 1952–53, 1954–55, 1956–57, 1958–59, 1961–62, 1963–64, 1968–69, 1969–70, 1971–72, 1979–80, 1980–81, 1982–83, 1984–85, 1985–86, 1986–87, 1992–93, 1995–96, 2003-2004
    Campeonato de Portugal: 1929–30, 1930–31, 1934–35
    Taças da Liga: 2008-2009 e 2009-2010
    Supertaça Cândido de Oliveira: 1979–80, 1984–85, 1988–89, 2004–05
    Taça Ribeiro dos Reis: 1963–64, 1965–66, 1970–71
    Taças dos Campeões Europeus: 1960-61 e 1961-62
    Taça Latina: 1949-50
    Taça Ibérica: 1983-84

    Como fácilmente se constacta, estão aqui representados 72 troféus oficiais...
    Claro que não estão contabilizados titulos oficiais regionais e os de 2ªs, 3ªs e 4ªs categorias, se entrássemos nos regionais, e só nos de 1ªs categorias, então teriamos:

    Taça de Honra da AFL: (18 títulos) 1919–20, 1921–22, 1962–63, 1964–65, 1966–67, 1967–68, 1968–69, 1971–72, 1972–73, 1973–74, 1974–75, 1977–78, 1978–79, 1979–80, 1981–82, 1983–84, 1985–86, 1987–88
    Campeonato de Lisboa: 1909–10, 1911–12, 1912–13, 1913–14, 1915–16, 1916–17, 1917–18, 1919–20, 1932–33, 1939–40

    Mas, afinal de contas tanto a Taça Latina como a Taça Ibérica são troféus internacionais oficiais? Vamos ver:

    Aqui encontra-se representado um bilhete da final da Taça Latina disputada no estádio nacional em 1950, recordando que esta competição disputada pelos campeões de Portugal, Espanha, Itália e França era à época considerada a mais importante de clubes do velho continente, uma vez que a Taça Mitropa já há muito tinha perdido grande parte do seu prestígio.




    Como facilmente se observa esta edição, por ter sido disputada em solo Português, foi organizada pela FPF.

    E a Taça Ibérica? ora, ao contrário do que querem fazer crer, essa competição, que nada tem a ver com o troféu Ibérico torneio particular disputado em Badajoz, foi disputada uma única vez e envolveu os campeões dos dois países ibéricos, Benfica representando Portugal e Atlético de Bilbau por Espanha, a duas mãos. Acabámos conquistando o troféu, que por curiosidade é exactamente igual ao troféu da Supertaça Portuguesa, uma vez que sendo a 2ª mão disputada em Portugal, coube à FPF "arranjar" um troféu para atribuir e ao que parece tinham taças com aquele formato a mais na FPF tendo apenas que alterar a chapinha onde se pode ler: "campeão Ibérico de futebol". Na tampa da Taça pode-se ler, à semelhança dos troféus da supertaça, FPF como se vê pela foto apresentada. Ora acham mesmo que um dirigente da FPF ia atribuir um troféu ao capitão do Benfica com as letras FPF bem visíveis se este não fosse oficial? Assim sendo esta foi a 4ª competição internacional de cariz oficial ganha pelo nosso futebol sénior. Esta foto já foi mal catalogada numa obra relativa ao Benfica como sendo relativa à conquista da supertaça 1979/80, facto que foi esclarecido recentemente na BenficaTV e sido corrigido confirmando que é efectivamente respeitante à entrega da Taça Ibérica.


    Bem diferente do tal troféu ibérico de que falam e que aqui se apresenta...

    De resto, parece ainda que alguns não contabilizam a Taça Ribeiro dos Reis. Esta competição foi organizada pela FPF, realizada entre 1961/62 e 1970/71, onde contou com 10 edições. No final dos campeonatos nacionais da I e II Divisões, disputava-se a este troféu, organizado pela F.P.F., para complemento da época. O Benfica venceu 3 edições. Era como que uma taça de encerramento, disputada em poules passando os dois primeiro de cada série, seguindo para os quartos de final, depois para as meias finais e posteriormente disputava-se a final.
    Precisamente por ser um troféu de encerramento de época, disputado no final de cada uma, apesar de ser uma competição de 1ªas categorias por vezes jogavam jogadores menos utilizados. Relembro que na altura se disputavam campeonatos com 12 e 14 equipas, o que implicava que a época fosse mais curta permitindo esta competição que se disputassem mais uns jogos. Aqui está um link para exemplificar a disputa de uma dessas competições: 
    Abordaremos agora os títulos do nosso principal rival a este nível:

    Campeonato nacional: 23 (1939, 1940, 1956, 1959, 1978, 1979, 1985, 1986, 1988, 1990, 1992, 1993, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2003, 2004, 2006, 2007, 2008, 2009)
    Campeonato da I liga: 1 (1935)
    Taça de Portugal: 14 (1956, 1958, 1968, 1977, 1984, 1988, 1991, 1994, 1998, 2000, 2001, 2003, 2006, 2009, 2010)
    Campeonato de Portugal: 4 (1922, 1925, 1932, 1937)
    Supertaça: 17 (1981, 1983, 1984, 1986, 1990, 1991, 1993, 1994, 1996, 1998, 1999, 2001, 2003, 2004, 2006, 2009, 2010)
    Taça dos campeões Europeus /Liga dos Campeões: 2 (1986/87, 2003/04)
    Taça UEFA: 1 (2002/03)
    Supertaça Europeia: 1 (1987)
    Taça Toyota:2 (1987, 2004)

    A taça Intercontinental foi oficial entre os anos de 1960 e 1979, inclusivé, a partir daí e até à sua extinção passou a ter a designação de Taça Toyota Europeia/Sul-Americana e deixou de ser oficial passando a ser organizado única e exclusivamente pela Toyota. Isto aconteceu quando, nos anos 70, vários campeões europeus (Ajax, Liverpool, Bayern Munique, Nottingham Forest) se desinteressaram de disputar a prova, sendo que nuns anos o troféu não se disputou (75, 78) enquanto que noutros se disputou com a presença do vice-campeão europeu (Malmoe, Atlético de Madrid, Panathinaikos, Borussia M'gladbach) aos invés do campeão, tendo então a Toyota oferecido-se para organizar a competição de uma forma mais rentável, proposta que foi aceite. Assim, os dois exemplares deste troféu que o FC Porto conquistou foram ganhas de forma não-oficial. A FIFA manifestou não reconhecer a Taça Intercontinental e não reconhecer que esta atribuísse o título de campeão do Mundo como se pode confirmar nos links abaixo colocados. Mesmo assim contabilizei essas vitórias do clube azul e branco para que de forma alguma possamos ser acusados de facciosismo.

     
    Para exclarecer integralmente as dúvidas enviei e-mails à UEFA que me deu uma primeira resposta confusa acabando mais tarde por me dar uma resposta coincidente com o que foi exposta acima. Abaixo publico. Em baixo deixo o cartaz oficial da 1ª taça Toyota conquistada pelo FCP onde, como se pode ver não há qualquer menção a FIFA, UEFA ou Conmebol.



    Alguns jornaleiros estão ainda a tentar incluir nestas contas a vitória do FCP na liga intercalar 2009, ora como podem ver no extracto de regulamento da prova apresentado em baixo, a própria AFP afirma que os objectivos desta prova são, e passo a citar, "o desenvolvimento do futebol júnior e pós-júnior", ou seja é o equivalente a uma prova de reservas e não de 1ªs categorias, como tal não deve ser tida em conta para esta contabilidade.
    Resumindo e concluindo, com facilidade se constacta que a diferença de troféus de nível nacional e internacional das secções de futebol sénior é de 72-65 favorável ao Benfica, sendo que efectivamente e sendo justo, as taças Toyota não deveriam entrar nestas contas alterando o score para 72-63.
    Mas o mais importante troféu de todos, que é o facto do Benfica ser o clube de Portugal e dos Portugueses, é e sempre será nosso. Isso meus caros, ninguém nos tira...


    4 comentários:

    1. Isto sim é que é BENFIQUISMO!!!
      Vou imprimir e guardar este post, que devia ser de leitura obrigatória para todos os verdadeiros BENFIQUISTAS (e portistas, se bem que este....enfim...)

      Grande abraço e Sadações BENFIQUISTAS!!!

      SLB!!!

      ResponderEliminar
    2. por alguma razão é que nunca compro o JN! eles são super facciosos no desporto, e mesmo que isso não fosse suficiente, se um meio de comunicação é faccioso num assunto como podemos confiar no resto?

      ResponderEliminar
    3. O SPORTING É DE LONGE O CLUBE PORTUGUÊS COM MAIS TITULOS DE TODAS AS MODALIDADES. MELHOR QUE ELE NO MUNDO SÓ O BARCELONA E HÁ DUVIDAS SOBRE ESSA CONTABILIDADE.
      EM TITULOS SÓ EUROPEUS 1º BARCELONA 2º R. MADRID 3º SPORTING COM DIFERENÇA DE 1 TITULO PARA O R. MADRID DEPOIS DA VITORIA NA TAÇA CHALLENGE EM ANDEBOL. ESTE ANO ANDEBOL E FUTSAL EUROPEUS NA MIRA DO SPORTING E A ULTRAPASSAGEM DO R. MADRID.

      ResponderEliminar
    4. És UM OTARIOOOO!!! MAIS UM BENFIQUISTA COM PALAS!!! IGNORANTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      ResponderEliminar

    Follow by Email