juntos somos mais fortes

  • Recente

    quinta-feira, 24 de junho de 2010

    Análise - Dia #14




    Camarões - Holanda

    Destaques
    - A Holanda tem recursos. Sem fazer um grande jogo, a laranja mecânica recorreu a Van Persie e Van der Vaart para o 1º golo e Snjeider, Robben e Huntelaar para o segundo.
    - Pobres Camarões . Os jogadores de Le Guen quiseram lutar pelo o orgulho, mas não conseguiram. Dominaram durante algum tempo, mas com poucos recursos.
    - A Van Marwijk sai tudo bem. Marcaram Van Persie e Huntelaar. Robben reapareceu a bom nível e o adversário dos 8ºFinal é a Eslováquia.

    O Melhor
    Regresso de Robben. Entrou a 15minutos do fim e aquele pé esquerdo desequilibrou logo na jogada do 2ºgolo. Bom para a Holanda, melhor para o Mundial.


    O Pior
    Desilusão dos Camarões.  3 jogos 3 derrotas, fraca participação no seu próprio continente... nem Eto'o lhes valeu.



    Dinamarca - Japão

    Destaques
    - Honda foi a chave. O talentoso médio nipónico joga e faz jogar os seus companheiros. Marcou um grande golo e ofereceu o 3º numa jogada de classe.
    - Resistência.  O Japão terminou o jogo como se fosse o minuto. Tiveram sempre fortes, e superaram a Dinamarca em velocidade.
    - Nem por baixo... nem por cima. Se diziam que o japoneses teriam dificuldades no jogo aéreo, mas Tanaka e Nakazawa eliminaram qualquer perigo.


    O Melhor
    Honda. A revelação do mundial. O japonês revela-se como a grande surpresa na África do Sul. Faz tudo e bem. A sua destreza física e técnica é incrível. 


    O Pior
    A falta de recursos. As limitações de Bendtner, a irregularidade de Rommedahl e a falta de imaginação de Poulsen e Jorgensen privaram a Dinamarca de ser uma ameaça.


    Grupo E
    Como estava a ser um grupo "muito normal" para este mundial atípico, nesta 3ª jornada apareceu a surpresa - Japão. Os nipónicos venceram por 3-1 e qualificaram-se para os 8º Final. Os Camarões foram uma decepção.






    Paraguai - Nova Zelândia

    Destaques
    - Sem sangue. Aos "kiwis" faltou algo mais que a ambição de ganhar o jogo e passar aos oitavos.
    - Paraguai manteve o empate. A selecção sul americana conformou-se com o empate dese o principio.  Para eles era suficiente.
    - Uma defesa muito forte. O Paraguai tem uma defesa digna de realce. Não deixou os nova zelandeses jogar.


    O Melhor
    Sem perder. A Nova Zelândia terminou a fase de grupos, sem perder qualquer jogo - empatou os três. Difícil fazer melhor.


    O Pior
    Postura do Paraguai. Sabendo que o empate bastava para se qualificar, não quis correr atrás dos 3 pontos.



    Eslováquia - Itália

    Destaques
    - A atitude ganhadora da Itália só se viu nos últimos vinte minutos, os melhores minutos da Itália neste mundial.
    - A Eslováquia bateu a Itália com Vittek a bisar. A partir do 0-2 é que a Itália começou a temer pela qualificação. 
    - O auxiliar de Webb anulou um golo a Quagliarella um minuto depois do golo de Di Natale, foi a machadada na squadra azurra.


    O Melhor
    Vittek. Esteve em destaque, para além dos dois golos de marcou ajudando e muito a qualificação da Eslováquia.


    O Pior
    Itália. Tinha obrigação de fazer muito melhor. 36 anos depois, os italianos voltam a ficar pela fase de grupos.


    Grupo F
    A surpresa. Campeã do Mundo fica em último lugar, num grupo com Eslováquia e Nova Zelândia.. À partida não seria possível isso acontecer, mas o futebol é mesmo assim. O Paraguai mostrou bom futebol e pode chegar longe.

    Sem comentários:

    Enviar um comentário

    Follow by Email