juntos somos mais fortes

  • Recente

    quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

    A história dos números - 7

    Em 1995 o futebol nacional mudou, as equipas deixaram de jogar de 1 a 11 e os jogadores começaram a ter números fixos para toda a época.


    Depois de recordar quem usou o 12, 3, 4, 5, 6 vamos conferir o número 7.






    95/96 Calado
    96/97 Calado
    97/98 Paulo Nunes
    98/99 Poborsky
    99/00 Poborsky
    00/01 Poborsky
    01/02 Anderson
    02/03 Anderson
    03/04 Anderson
    04/05 Carlitos
    05/06 Carlitos
    06/07 Marco Ferreira
    07/08 Cardozo
    08/09 Cardozo
    09/10 Cardozo
    10/11 Cardozo
    11/12 Cardozo
    12/13 Cardozo
    13/14 Cardozo
    14/15 Samaris
    15/16 Samaris
    16/17 Samaris



    Jogos (desde '95)

    Cardozo 293 [172 golos]
    Poborsky 89 [12 golos]
    Samaris 87 [2 golos]
    Calado 57 [1 golo]
    Anderson 57 [1 golo]
    Carlitos 17
    Paulo Nunes 8 [2 golos]
    Marco Ferreira 2


    O checo Poborksy sempre foi dos meus preferidos e chegou quase aos 100 jogos com a camisola 7 (a primeira época utilizou a 25), mas perante os números, Cardozo é sem dúvida o mais marcante número 7. Com uma média de 0,58 golos/jogo foi fundamental para os 8 títulos nas 7 épocas que vestiu o manto sagrado.
    De referir também que Calado e Marco fizeram mais jogos mas com outras camisolas e Samari deverá em breve ultrapassar Poborsky em número de jogos.


    Qual o vosso preferido?

    Sem comentários:

    Enviar um comentário

    Follow by Email