juntos somos mais fortes

  • Recente

    segunda-feira, 22 de junho de 2015

    Novas regras para a próxima época




    - Alteração profunda do formato competitivo da Taça da Liga, reduzindo substancialmente o número de jogos (de 83 jogos para 48 jogos).
    Ainda não é conhecido o novo formato, mas redução dos jogos deverá ser a nível da primeira fase.

    - Redução do quadro competitivo da II Liga que a partir da época desportiva 2016 – 2017 será disputada por 22 equipas.
    Concordo. 24 equipas é demais.

    - Limitação de empréstimos entre clubes mais do 3 jogadores a um clube da mesma competição, ficando proibidos de defrontar a equipa de origem.
    Chegou ao fim as lesões inventadas e os amarelos forçados para ficar suspenso no jogo x. Limitar a 2 seria mais do que suficiente.

    - Obrigatoriedade de utilização de relvados naturais já a partir da próxima época desportiva nas competições profissionais.
    Obrigar o Boavista a mudar. Não sei se é benéfico, mas se nos lembrarmos da lesão do Rúben.... se calhar até é.

    - Marcação de jogos e respectivas transmissões televisivas com uma antecedência alargada visando o conhecimento antecipado por partes dos adeptos dos jogos dos Clubes profissionais, potenciando uma maior afluência aos estádios.
    Boa notícia, só peca por tardia.

    3 comentários:

    1. Concordo com todas menos com a do relvado. Não sei como é possível impedir que equipas utilizem esse tipo de relvado quando a UEFA os aprova para as suas competições.
      A lesão do Rúben não é exemplo para ninguém, ele lesionou-se mais vezes em relvados naturais do que em sintéticos.
      E entre ter o relvado sintético do Boavista e o ervado do Arouca, por exemplo, nem há comparação possível.

      ResponderEliminar
    2. VMAM
      "amarelos forçados para ficar suspenso no jogo x." Continuarão a acontecer por uma razão simples. O jogador tem 2 amarelos e sabe que não pode jogar o jogo a seguir por ser contra quem o emprestou e apanha 3º amarelo limpando assim os amarelos no jogo que já sabia que não podia jogar.
      Mas estaria mais de acordo como o defendido pelo SLB. Só se emprestavam jogadores a equipas de campeonatos diferentes.

      ResponderEliminar

    Follow by Email