juntos somos mais fortes

  • Recente

    segunda-feira, 20 de março de 2017

    A história do números - 11

    Em 1995 o futebol nacional mudou, as equipas deixaram de jogar de 1 a 11 e os jogadores começaram a ter números fixos para toda a época.


    Vamos conferir o número 11. Recorde os restantes...







    95/96 Panduru
    96/97 Panduru
    97/98 Pringle
    98/99 Pringle/Cadete
    99/00 Cadete
    00/01 João Tomás
    01/02 Drulovic
    02/03 Drulovic
    03/04 Geovanni
    04/05 Geovanni
    05/06 Geovanni
    06/07 Miguelito
    07/08 Miguelito
    08/09 Balboa
    09/10 Keirrison
    10/11 Jara
    11/12 Jara
    12/13 Lima
    13/14 Lima
    14/15 Lima
    15/16 Mitroglou
    16/17 Mitroglou



    Jogos (desde '95)

    Lima 144 [70 golos]
    Geovanni 114 [20 golos]
    Mitroglou 81 [50 golos]
    Drulovic 54 [6 golos]
    Panduru 47 [8 golos]
    Jara 45 [11 golos]
    Pringle 38 [4 golos]
    João Tomás 36 [17 golos]
    Cadete  22 [3 golos]
    Balboa 17
    Miguelito 10
    Keirrison 7


    A camisola 11, desde 95 já teve 12 jogadores diferentes. Uns com mais outros com menos qualidade, Lima foi o principal destaque com mais jogos e golos vestindo este número. De realçar também Geovanni e Mitroglou e a veia goleadora de João Tomás.
    Aqui estão apenas os golos e números dos jogadores com esta camisola.

    Qual o vosso preferido?



    Sem comentários:

    Enviar um comentário

    Follow by Email